Inovação radical versus disruptiva: o que significam para as organizações



Empreendedores e empresas inovadoras estão sempre à procura de novas maneiras de alavancar a tecnologia existente ou criar um mercado de produto ou serviço totalmente novo. Desta forma, inovação e adaptabilidade são a força vital de qualquer negócio ou organização de sucesso.
Inovação é um termo relativo que é definido de forma diferente por líderes empresariais e acadêmicos. É frequentemente definido com base na disciplina ou indústria de uma pessoa. A inovação pode ser dividida em três categorias principais com base em seu efeito ou impacto:



  1. Incremental
  2. Radical
  3. Disruptivo

A inovação incremental é autoexplicativa: são inovações sustentáveis ​​que ajudam as empresas a permanecerem no jogo, mas não necessariamente causam um grande impacto. Mas, o que são inovações radicais e disruptivas? E como eles impactam os negócios?

Entendendo a inovação radical

O conceito de inovação radical é alavancar as competências essenciais para o futuro. Relaciona-se a observar a tecnologia existente e descobrir novos aplicativos que se concentram em objetivos de longo prazo.
De acordo com Harvard Business Review :

A inovação radical se concentra no impacto de longo prazo e pode envolver o deslocamento de produtos atuais, alterando o relacionamento entre clientes e fornecedores e criando categorias de produtos completamente novas.



Exemplos de inovação radical incluem o iPhone, que abriu o caminho para o mercado moderno de smartphones, e a fusão de equipamentos agrícolas com tecnologia de sensores que fornece aos agricultores dados que são usados ​​para alterar a indústria agrícola.

Entendendo a inovação disruptiva

A inovação disruptiva, inicialmente chamada de tecnologia disruptiva, é um termo cunhado pelo especialista em Big Think e professor de administração de empresas de Harvard Clayton Christensen. A interrupção representa inovações que tornam os produtos e serviços mais acessíveis, baratos e disponíveis para uma população maior.
Christensen diz que sentiu que o termo inovação transmitiria com mais precisão que não é tanto a tecnologia em si que é disruptiva, mas sim a própria inovação e como a tecnologia é usada em um contexto empresarial.
A inovação disruptiva tem o potencial de servir como uma força significativamente positiva em todos os setores e áreas da sociedade. Exemplos de inovações disruptivas que agora são comuns incluem:

  • Geladeiras, fogões e fornos de micro-ondas,
  • Computadores pessoais,
  • iPods e música digital para download,
  • Fotografia digital,
  • Tecnologia em nuvem e
  • Netflix e outros serviços de streaming de vídeo.
Experimente o Big Think+ para o seu negócio Conteúdo envolvente sobre as habilidades que importam, ministrado por especialistas de classe mundial. Solicite uma demonstração

O que esses tipos de inovações significam para as organizações?

O especialista em Big Think, empresário de tecnologia e filantropo Elon Musk diz que as oportunidades de inovação estão ao nosso redor:

Eu acho que é importante não focar apenas na disrupção por causa disso, mas sim onde uma indústria está estagnada ou em declínio, onde o produto ou serviço permaneceu praticamente o mesmo ou talvez até piorou com o tempo? Vale a pena olhar para os setores que muitas pessoas acham que são impossíveis ou pensam que você não pode ter sucesso – geralmente é onde há oportunidades. Se todo mundo acha que você pode ter sucesso em uma indústria, provavelmente está mergulhando.



Para que as empresas sejam inovadoras, elas precisam olhar para um desafio da perspectiva correta. A tecnologia disruptiva pode ser um facilitador da inovação. No entanto, deve ser incorporado em um modelo de negócios viável para ser bem sucedido. É por essa razão que a liderança de uma organização deve desenvolver uma estratégia clara de criatividade e inovação, ao mesmo tempo em que protege seus negócios principais.

Compartilhar:

Seu Horóscopo Para Amanhã

Idéias Frescas

Categoria

Outro

13-8

Cultura E Religião

Alquimista Cidade

Livros Gov-Civ-Guarda.pt

Gov-Civ-Guarda.pt Ao Vivo

Patrocinado Pela Fundação Charles Koch

Coronavírus

Ciência Surpreendente

Futuro Da Aprendizagem

Engrenagem

Mapas Estranhos

Patrocinadas

Patrocinado Pelo Institute For Humane Studies

Patrocinado Pela Intel The Nantucket Project

Patrocinado Pela Fundação John Templeton

Patrocinado Pela Kenzie Academy

Tecnologia E Inovação

Política E Atualidades

Mente E Cérebro

Notícias / Social

Patrocinado Pela Northwell Health

Parcerias

Sexo E Relacionamentos

Crescimento Pessoal

Podcasts Do Think Again

Vídeos

Patrocinado Por Sim. Cada Criança.

Geografia E Viagens

Filosofia E Religião

Entretenimento E Cultura Pop

Política, Lei E Governo

Ciência

Estilos De Vida E Questões Sociais

Tecnologia

Saúde E Medicina

Literatura

Artes Visuais

Lista

Desmistificado

História Do Mundo

Esportes E Recreação

Holofote

Companheiro

#wtfact

Pensadores Convidados

Saúde

O Presente

O Passado

Ciência Dura

O Futuro

Começa Com Um Estrondo

Alta Cultura

Neuropsicologia

Grande Pensamento+

Vida

Pensamento

Liderança

Habilidades Inteligentes

Arquivo Pessimistas

Começa com um estrondo

Grande Pensamento+

Neuropsicologia

Ciência dura

O futuro

Mapas estranhos

Habilidades Inteligentes

O passado

Pensamento

O poço

Saúde

Vida

Outro

Alta cultura

A Curva de Aprendizagem

Arquivo Pessimistas

O presente

Patrocinadas

A curva de aprendizado

Liderança

ciência difícil

De outros

Pensando

Arquivo dos Pessimistas

Negócios

Artes E Cultura

Recomendado