Bandeira da Holanda

Bandeira da Holanda

bandeira nacional vermelho-branco-azul listrada horizontalmente. Sua proporção largura-comprimento é de 2 para 3.

No século 16, William I, príncipe de Orange, tornou-se um líder do movimento de independência holandesa contra a Espanha. Baseado nas armas de seu território ancestral de Orange, William usou as cores da libré laranja, branco e azul. No cerco de Leiden em 1574, os soldados usaram essas cores em seus uniformes, e a popularidade das cores entre os nacionalistas holandeses posteriormente se espalhou. A província da Zelândia tinha cores semelhantes: sua bandeira mostrava um leão vermelho surgindo de listras azuis e brancas representando o mar. A bandeira holandesa no mar depois de 1577 era uma bandeira tricolor horizontal laranja-branco-azul, embora nunca tenha sido oficialmente adotada. Da mesma forma, nunca foi dado nenhum reconhecimento oficial à substituição da laranja pelo vermelho, uma transformação concluída em 1660. Foi um momento apropriado para omitir a laranja da bandeira, porque em 1654 um tratado de defesa entre holandeses e ingleses excluiu definitivamente membros de casa de laranja de serem chefes de estado na Holanda. (No século 20, muitos holandeses de direita apoiavam o laranja-branco-azul como a bandeira autêntica da Holanda, mas a bandeira nacional não foi alterada.)



Após sua revolução em 1789, os franceses reconheceram o vermelho, o branco e o azul como as cores da liberdade e homenagearam os Países Baixos por tê-las usado pela primeira vez em uma bandeira (ver bandeira da França). Patriotas pró-franceses na Holanda deram o primeiro passo em relação a uma bandeira nacional holandesa oficial quando sua República Batávia legalizou o tricolor vermelho-branco-azul em 14 de fevereiro de 1796. Quando o irmão de Napoleão, Luís, tornou-se governante do Reino da Holanda em 1806, nenhuma mudança foi feita na bandeira nacional. A Holanda foi anexada pela França de 1810 a 1813, mas, depois que a independência foi reconquistada, o novo Reino da Holanda reconheceu novamente a bandeira vermelha-branca-azul. A bandeira, mais recentemente reafirmada por decreto real em 19 de fevereiro de 1937, inspirou o uso das mesmas cores nas bandeiras nacionais de outros países. Apesar da semelhança visual entre a bandeira holandesa e a bandeira de Luxemburgo, não há relação documentada entre os dois desenhos.



Idéias Frescas

Categoria

Outro

13-8

Cultura E Religião

Alquimista Cidade

Livros Gov-Civ-Guarda.pt

Gov-Civ-Guarda.pt Ao Vivo

Patrocinado Pela Fundação Charles Koch

Coronavírus

Ciência Surpreendente

Futuro Da Aprendizagem

Engrenagem

Mapas Estranhos

Patrocinadas

Patrocinado Pelo Institute For Humane Studies

Patrocinado Pela Intel The Nantucket Project

Patrocinado Pela Fundação John Templeton

Patrocinado Pela Kenzie Academy

Tecnologia E Inovação

Política E Atualidades

Mente E Cérebro

Notícias / Social

Patrocinado Pela Northwell Health

Parcerias

Sexo E Relacionamentos

Crescimento Pessoal

Podcasts Do Think Again

Patrocinado Por Sofia Gray

Vídeos

Patrocinado Por Sim. Cada Criança.

Geografia E Viagens

Filosofia E Religião

Entretenimento E Cultura Pop

Política, Lei E Governo

Ciência

Estilos De Vida E Questões Sociais

Tecnologia

Saúde E Medicina

Literatura

Artes Visuais

Lista

Desmistificado

História Do Mundo

Esportes E Recreação

Holofote

Companheiro

#wtfact

Recomendado